Semana No. 45

novembro 19, 2016



Começou a desgraça já nas primeiras horas da manhã da segunda-feira. Meu avô, pai do meu pai, faleceu. Um infarto, no meio da noite, pegou todo mundo desprevenido. Meus pais tendo que viajar pra resolver funeral e burocracia. Eu e minha irmã tentando nos arranjar pra tomar conta dos meus irmãos. A desgraça continuou na terça. Acordo no meio da madrugada e tenho a brilhante de ideia de dar uma checadinha rápido nos resultados das polls, ver se a Hillary Clinton já era projetada como presidente dos EUA. Dou de cara com "Trump ganha na Flórida". Perdi o sono na hora e não consegui voltar a dormir. Passarei os próximos quatro anos fingindo que nada disso aconteceu e que Jed Barlett é na verdade 45º presidente americano e pronto.



Como nem tudo é só desgraça, amém, consegui terminar o primeiro esboço do projeto de tipografia. Perdi o fim de semana inteiro e provavelmente desenvolvi uma tendinite no processo, mas como é boa a sensação de estar em dia com ao menos um dos trabalhos da faculdade. O próximo desafio é conseguir terminar as mais de trinta tarefas de desenho que eu deixei acumular por motivos de: socorro. Sigo na fé (cada vez mais escassa) de que no final do semestre conseguirei apresentar um número aceitável de tarefas para prolongar meu sofrimento em Desenho II. Veremos.




Sexta-feira foi dia de correr feito uma louca do metro até a rodoviária para conseguir viajar para Évora. Cheguei na fila às 12h57 pra comprar a passagem e embarcar no ônibus das 13h. Gostaria de dizer que foi tudo friamente calculado, mas foi na cagada mesmo. Voltar pra Évora é sempre uma sensação meio esquisita de voltar pra casa e de estar longe de casa ao mesmo tempo. Ainda mais esquisito foi estar na casa dos meus pais sem eles estarem lá. Mas foi uma oportunidade deliciosa de passar um tempinho com meus irmãos mais novos, fazer maratona de Lost com eles, jogar um pouco de Fallout 4 e matar saudades dos meus felinos.

P.S.: Esse post era pra ter sido publicado na semana passada, mas acabou ficando esquecido (por falta de tempo) aqui nos rascunhos. Porém, é como diz o ditado: antes tarde do que mais tarde ainda.

26 comentários:

  1. Semana conturbada a sua em?! Meus sentimentos pelo seu avô. Que seus dias sejam melhores.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. "Perdi o fim de semana inteiro e provavelmente desenvolvi uma tendinite no processo, mas como é boa a sensação de estar em dia com ao menos um dos trabalhos da faculdade. O próximo desafio é conseguir terminar as mais de trinta tarefas de desenho que eu deixei acumular por motivos de: socorro."
    tá falando da minha vida? ahahah
    mas já tenho tendinose :( cuida da posição do braço em relação à mesa e ao mouse. essa semana que resolvi meu problema comprando uma cadeira com apoio de braço.

    ResponderExcluir
  3. Verdade, antes tarde do que mais tarde ainda. Já estava com saudades suas. Bem, primeiramente meus pêsames pelo seu avô, infelizmente as pessoas que amamos não são pra sempre... mas gosto de pensar que elas estão em um lugar melhor! :) também tive essa mesma sensação quanto ao Trump... Pra mim foi estranhissimo isso... mas fazer o que? Sigo nesse mesmo dilema que você na faculdade, fico tão feliz quando finalmente consigo colocar meus trabalhos em dia kkkk ai percebo que tem outro que esqueci e recomeça o dilema. Seu projeto tipográfico ficou um amor e se por acaso algum dia resolver disponibilizar ele, adoraria usar!!! Acho que essas cagadinhas da vida de chegar atrasada e msm assim as coisas darem certo, nos leva a ver que algo conspira a favor, e isso é tão bom! Uma das coisas que mais amo é passar um tempo com meus irmãos, mas a correria do dia a dia é tanta que acabamos nos vendo pouco. Mas é bom saber que você conseguiu fazer coisas q vc gosta e matar a saudade dos seus irmãos! ♥

    Espero que esteja tudo bem,
    (E que você nao suma mais)

    Um beijo

    ResponderExcluir
  4. Que pena começar o dia com uma notícia triste. Sinto muito. Só nos resta aceitar que esse é o movimento natural das coisas. Mas fico feliz que você tem a sabedoria de enxergar o lado bom mesmo em momentos difíceis. Um beijão!

    ResponderExcluir
  5. Bastante, mas no fim deu tudo certo. Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Hahahahaha essa vida num é fácil.
    Estou tentando cuidar sim, corrigir hábitos e posturas ruins, mas ô dificuldade.

    ResponderExcluir
  7. Eu sempre prometo não sumir mais, mas a vida aparentemente tem outros planos. Veremos se é dessa vez que consigo me organizar com as leituras/postagens. Pois é, felicidade acadêmica dura pouco, né?
    Obrigada! Esse é o primeiro esboço, mas acredito que no final do semestre eu consiga terminar o projeto final (dedos cruzados). ♥

    ResponderExcluir
  8. Não dá pra lutar contra o curso da vida, né? O que resta é tentar ficar em paz.
    Obrigada. ♥

    ResponderExcluir
  9. Eu acho tuas fotos lindas demais e dão um detalhezinho lindo pro teu post. :)
    Espero que não seja tão ruim quanto a gente pensa, mas só consigo compartilhar o mesmo sentimento com você em relação ao Trump. Ainda não me recuperei mas tenho muito medo do futuro. Aliás, no geral né... é sempre tanta coisa pra fazer.

    Beijo e boa sorte nos trabalhos

    ResponderExcluir
  10. Que semana complicada! Sinto muito pelo seu avô, meus sentimentos à você e sua família. Espero que tudo se conforme
    Um beijo

    ResponderExcluir
  11. Triste quando os dias estão assim tão conturbados e espero que fique tudo bem, afinal.
    E sinto muito pelo seu avô.
    Bons ventos! <3

    ResponderExcluir
  12. Oi,

    Nem preciso dizer que deve ser difícil passar por isso. Não gosto de despedidas e nem de partidas mas força pra você e sua família. Amei essas fotos de folhinhas porque amo essas folhas outonais.

    Beijos
    http://belsantanna.com/

    ResponderExcluir
  13. tipo de semana que tu não sabe se ama ou odeia, não é mesmo?
    abraço apertado ♥

    ResponderExcluir
  14. Poxa, que foda ter que começar assim com essa noticia do teu avó, meus sentimentos, Luiza =/
    Quando acordei e dei de cara com o resultado das eleições foi como levar um soco no estomago, fiquei me sentindo estranha o dia inteiro. Que pesadelo!
    Um beijão e espero que semanas melhores cheguem <3

    ResponderExcluir
  15. que triste noticia do seu avô, sinto muito :/ essas últimas semanas do ano parecem especialmente difíceis, cheias de noticias ruins. mas enfim, seguimos esperando o melhor de alguma forma, né? lindas fotos dessas folhas ♥♥♥

    ResponderExcluir
  16. Perdoe-me pelo atraso, mas meus sentimentos pela partida do seu avô. Espero que seu coração já esteja melhor, Lu.
    As fotos das folhas do outono real e verdadeiro, o outono original: ainnn! ♥♥♥♥♥ E que legal esse seu projeto de tipografia! O semestre de aulas já acabou por aí? Caso não, lhe desejo #sorte, #fé, #perseverança, #foco e #força para terminar os trabalhos. Na verdade, acho que a gente só precisa é de uma xícara de café mesmo e você faz cada café bonito! :)
    p.s.: meia de cacto! fofura extrema.

    ResponderExcluir
  17. Mais de um mês depois e acho que eu ainda não assimilei muito bem o fato de que os Obamas vão sair da Casa Branca pra dar lugar ao Trump. Ô ano difícil pra política.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  18. Obrigada. As coisas voltaram ao normal, ainda bem. ♥

    ResponderExcluir
  19. É difícil sim, ainda mais estando tão longe da família.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  20. Semana confusa a beça, mas né, sobrevive-se.
    Obrigada. ♥

    ResponderExcluir
  21. Que essas tragédias políticas fiquem em 2016 e 2017 tragam umas mudanças melhores, né.
    Obrigada. ♥

    ResponderExcluir
  22. Obrigada. Essas últimas semanas parecem inferno astral mundial, né, hahaha. ♥

    ResponderExcluir
  23. O semestre ainda não acabou não, mas em Fevereiro se tudo der certo eu passo pro próximo semestre (tem que torcer muito e beber muito café pra tal).
    Sempre bom te ter por aqui, Izzy! ♥

    ResponderExcluir
  24. Poxa, que chato né? :/ Sinto muito!
    Mas a vida é assim, né? Cheia de surpresas agradáveis mescladas às desagradáveis! Está em nós aprender a lidar com isso!
    Adorei esse projeto de tipografia! Falou mais dele em algum lugar? Fiquei curioso!a

    ResponderExcluir
  25. Obrigada, Pablo.
    A vida é tentar manter o equilíbrio mesmo com essas pequenas/grandes porradas, né? Tá sendo um bom aprendizado.

    Entreguei o projeto semana passada, esqueci de manter um registro dele pra mim. :(

    ResponderExcluir