Semana No. 15

abril 17, 2016
IMG_20160417_203306

Morar em um centro histórico é ótimo até que um cano antigo de abastecimento estoura e toda a área dentro do patrimônio fica sem água. Primeiro a gente acha que fez merda, esqueceu de pagar alguma conta, que os novos vizinhos fecharam algum registro sem querer. Liga pra agência de água, eles já atendem com um “tu moras na zona histórica?” meio impaciente. A previsão é que o abastecimento volte até meia noite. Duas horas da manhã, cheia de louça acumulada na pia, e nada. De manhã já acorda olhando pela janela e dá de cara com o chafariz da cidade completamente seco e os restaurantes normalmente cheios de turista fechados. Fodeu. Quando a água finalmente volta, graças a Deus antes do almoço, só sai lama por alguns minutos antes de voltar a ficar clara. É a vida, e sinceramente ando tão aliviada de estar aqui que nem me importo muito.

IMG_20160416_163607


Tirando a aventura do cano velho, a semana foi calma. Quem me segue no twitter (já peço até desculpas) deve ter percebido que a temporada de baseball começou. Infelizmente, graças ao fuso horário, a maioria dos jogos dos Red Sox só começam aqui lá pra meia noite. Nunca consigo assistir além do sétimo inning. Novamente, é a vida.

Processed with VSCO with a9 preset

Domingo geralmente é dia de duas coisas: preguiça de fazer almoço e dia de passear por aí (que na maioria das vezes significa comer um sanduíche de peixe + salada na saída da cidade). Fomos a feira de antiguidades de Belém, que acontece todo primeiro e terceiro domingo do mês; vimos um casamento japonês; visitamos uma exposição sobre a ocupação romana na área de Portugal e Espanha; e assistimos uma tuna da faculdade de psicologia de Lisboa.

Voltei pra casa morta de tanto andar, mas feliz.

4 comentários:

  1. Eu acabei de me dar conta de que você mora em Portugal e ~plot twist~ as pessoas aí falam português. Tô morrendo de vergonha pelo comentário no outro post, mas vamos fingir que foi puro patriotismo hahahaha.
    Suas fotos são tão bonitas que fui obrigada a te seguir no Instagram. Da mesma forma que me sinto inspirada com esses posts cotidianos, as fotos de lá me lembram que eu ainda preciso viajar o mundo. Aí eu desisto de desistir de qualquer coisa que seja. ♡

    ResponderExcluir
  2. Ô, que nada. O comentário no outro post não deixa de ser verdade, não é mesmo?
    Obrigada, fico muito feliz de saber. ♡ E desejo muitas viagens nessa vida.

    ResponderExcluir
  3. morei quase dois anos em um apto que pelo menos 1x na semana ficava sem água também. o problema é que normalmente eu só descobria na hora do banho, antes de ir trabalhar, e sempre batia o desespero.

    quanto ao sanduba, saindo daqui com água na boca. fome bateu forte.

    ResponderExcluir
  4. Água sempre acaba nos piores momentos. Na casa em que eu morava antes tinha mania de acabar enquanto meu cabelo tava cheio de shampoo.

    ResponderExcluir